top of page

Banco de horas: veja as vantagens e desvantagens para as empresas e colaboradores

O banco de horas permite que os funcionários tenham mais flexibilidade na jornada de trabalho; entenda.

Pexel

Todo funcionário tem uma jornada de trabalho a cumprir, mas, nem sempre será de forma regular. Afinal, existem dias em que o tempo de atividade pode variar, seja para mais ou para menos.


Essas horas ou minutos vão todas para um banco onde ocorre a soma das horas positivas ou negativas.


Na prática, as horas negativas ficam em forma de dívida, que precisa ser quitada, e as positivas como um saldo, que pode ser compensado. Ou seja, as horas do colaborador ficam guardadas, como em uma poupança.


O que é banco de horas


O banco de horas é um sistema de compensação de jornada que deve ser benéfico tanto para empresa quanto para o colaborador.


Nesse modelo, ao invés da empresa pagar horas extras ao funcionário, ela acumula suas horas excedentes reduzindo a jornada ou concedendo folgas a ele.


O funcionário, por sua vez, ao invés de ter descontado os dias de sua ausência, pode acumular horas no banco e pagá-las posteriormente.


A principal função do banco de horas é permitir que a empresa e o funcionário tenham uma maior flexibilização da jornada de trabalho.


Dessa forma, os colaboradores podem trabalhar horas a mais em sua jornada em períodos de alta demanda e folgar em períodos de baixa demanda. Ou até mesmo caso precise se ausentar do trabalho por algum compromisso, ele pode compensar essa ausência em outros dias, evitando descontos na sua remuneração.


Benefícios do banco de horas para empresa


Podemos dizer que os principais benefícios do banco de horas são:


  • Redução na folha de pagamento;

  • Flexibilidade para empresa e colaboradores;

  • Facilita o trabalho do RH;

  • Diminui o número de pagamentos indevidos;

  • Reduz chances de erros de cálculo;

  • Reduz custos.

Vale ressaltar que os maiores benefícios do banco de horas para a empresa é a flexibilidade somada à redução de custos.


Benefícios do banco de horas para o colaborador


É comum os colaboradores se questionarem se o sistema de banco de horas é vantajoso, já que não receberão mais o valor remuneratório de horas extras no salário.


Contudo, ao invés de remunerá-lo pelas horas trabalhadas a mais de forma imediata, o sistema permite que as horas sejam acumuladas e usadas quando o funcionário necessitar.


Ou seja, para o colaborador, um dos principais benefícios do banco de horas é a possibilidade de se ausentar e poder compensar esse tempo depois, ou solicitar um dia de folga ao empregador em um momento de necessidade, e até mesmo estender em alguns dias suas férias.


Além disso, o banco de horas também permite cobrir atrasos, desde que previamente acordado, tornando a relação de trabalho muito mais flexível.


Desvantagens do banco de horas


Contudo, além dos benefícios existem algumas desvantagens do banco de horas que é preciso tomar conhecimento.


Uma das desvantagens acontece quando as regras não ficam muito claras e a empresa não sabe como gerenciá-las. E é nessa hora que muitas empresas pecam e o banco de horas acaba sendo prejudicial para a organização ao invés de ajudar.


Com isso, os colaboradores passam a faltar sem antes combinar com o empregador, ou começam a ficar mais tempo só para acumular banco de horas, sem necessidade. A empresa começa a perder o controle sobre a validade do banco e quando se dá conta os colaboradores acumularam mais horas do que o permitido.


Nessas situações, vale conversar e explicar para os colaboradores que o banco de horas só deve ser usado em casos de necessidade, afinal, acumular horas não deve ser uma regra, e sim uma exceção.


Por isso, é extremamente necessário um acompanhamento constante para garantir que as horas estão sendo acumuladas de acordo com as regras da legislação, e que a devida compensação está sendo realizada, seja concedendo folgas ao trabalhador, ou ele compensando as suas horas negativas.


Novamente, é importante dizer que o banco de horas é uma troca, e nenhum dos lados deve sair perdendo. No geral, os colaboradores ficam mais satisfeitos e, consequentemente, mais engajados.


Fonte: Portal Contábeis

Comments


bottom of page