Sem papel, sustentável e consultiva 2  (1).gif

Inventário de Estoque: Negligenciar a rotatividade dos estoques pode custar caro!

A importância de manter sob gestão o detalhamento dos estoques


Pexels

Empresas de forma geral que comercializam produtos, sejam eles simplesmente revendedoras, ou mesmo realizam a fabricação ou industrialização, devem ter seus estoques sob gestão constantemente.


Quais são os tipos de estoques?


De forma geral os estoques são sub-divididos em:


  • Matéria-prima

  • Produtos em processo

  • Produtos acabados

  • Produtos para revenda

  • Materiais de consumo


Qual a diferença entre o inventário e a contagem de estoque?


Alguns gestores sejam em razão de urgência ou pela falta de conhecimentos técnicos, acabam “atropelando” processos, e definem a realização de “inventários” escalando equipes das mais diversas, muitos sem qualquer conhecimento técnico, para a realização de projetos “a toque de caixa”.


Esse pode ser um grande erro!


A contagem dos bens em estoque, serve apenas como uma “fotografia” do momento atual da empresa, entretanto, ainda assim é necessário todo um planejamento para sua realização.


Quando falamos em inventário de estoque, o processo como um todo requer o devido planejamento para que as informações coletadas sejam devidamente alimentadas no sistema de Gestão (ERP) e os procedimentos de movimentação (entrada, saída, transferências, entre outras) estejam previamente analisados para que após a realização do Inventário qualquer operação seja alimentada de forma correta.


A realização do inventário pode ser conduzida por equipe própria?


Não há determinação ou qualquer obrigatoriedade de realizar o inventário com empresas especializadas, entretanto, a expertise de profissionais da área, garante segurança a empresários, do êxito em projetos, com isso, podemos afirmar que parte dos projetos realizados com equipes “orgânicas” em sua grande maioria são abortados ou não reportam segurança e credibilidade em seus resultados.


Quais os benefícios em realizar um inventário geral dos estoques?


Além de relatar saldos atualizados para serem inseridos no Balanço Patrimonial, o Inventário Geral dos Estoques possibilitam que os sistemas ERP (módulo Comercial) reportem saldo precisos, e isso é de grande valia a equipe de vendas, pois otimizam processos comerciais, além de alertar a gestão de logística a necessidade de reposição, seja ela para a revenda ou mesmo a “fabricação.


Qual a periodicidade para a realização do Inventário dos Estoques


O inventário de estoque deve ser realizado ao menos uma vez ao ano, isso é fato, entretanto, a realização de inventários rotativos devem acontecer periodicamente (mensalmente) visando dar precisão ao estoque, e quando o mesmo por qualquer razão não relatar “precisão” deverá ser definido com urgência um Inventário Geral!


Fonte: Portal contábeis


Sem papel, sustentável e consultiva.gif