top of page

Natal nas empresas: cartão-presente é o benefício mais desejado pelos trabalhadores, indica estudo

Benefício corporativo pode ajudar os time de RH com redução de custo, logística e, principalmente, no engajamento dos funcionários



Com o fim do ano se aproximando, a maioria dos profissionais já espera algum incentivo por parte das empresas. O campeão dos desejos é o cartão-presente de Natal, apontado como o favorito por 66% dos entrevistados em uma pesquisa da Up Brasil. A lista segue com as festas de fim de ano (21%) e cestas clássicas de Natal (9%).


Aos profissionais de RH, importa ficarem atentos às mudanças do mercado para escolherem as melhores opções aos seus funcionários. Alguns especialistas defendem que o mais indicado é ir além dos benefícios já oferecidos por todas as companhias e procurar soluções inovadoras, justamente para se destacar entre as demais organizações e manter altos os níveis de retenção e engajamento.


Os cartões de Natal se tornaram uma ótima opção. Para os funcionários, o benefício pode entregar liberdade, flexibilidade e comodidade. Diferente das cestas de natal que já vem com alimentos selecionados, o cartão possibilita que os colaboradores escolham alimentos que estejam dentro das suas possibilidades de consumo. Isso porque, existem pessoas com diversos tipos de restrições alimentares como a doença celíaca, por exemplo. Apesar de ser pouco discutida, é uma condição comum e afeta cerca de 1% a 2% da população mundial, segundo informações do Ministério da Saúde.

Além disso, outro ponto que deve ser levado em consideração, é o crescente número de pessoas que têm optado por excluir alimentos de origem animal do cardápio.


Segundo uma pesquisa feita pelo Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), antigo Ibope Inteligência, e encomendada pela SBV (Sociedade Vegetariana Brasileira), 46% dos brasileiros não consomem carne pelo menos uma vez na semana. Isso só reforça a necessidade de pensar em alternativas que contemplem todos os colaboradores.

A comodidade é outra vantagem para os trabalhadores. A maioria das pessoas dependem do transporte público para locomoção, e quando recebem as famosas cestas de natal enfrentam dificuldades para levar até em casa, por conta do tamanho e do peso. Com o cartão presente, essa questão se torna bem mais prática.


Essa opção também é vantajosa para as empresas, que ao adotar o cartão Natal, conseguem economizar em logística e armazenamento. “Na Up Brasil, ajudamos diversas empresas por meio do Cartão Up Natal. A solução econômica permite aos nossos clientes escolherem o melhor valor para disponibilizar aos seus colaboradores. Com essa quantia, os funcionários podem comprar em mais de 200 mil estabelecimentos, entre supermercados, hortifrútis, mercearias, açougues e padarias, etc. É um benefício que também facilita a vida dos profissionais de RH, que não irão precisar pensar no transporte e no local para guardar inúmeras cestas”, comenta Mariana Muniz Tonini, Analista de Recursos Humanos Pleno da Up Brasil.


O engajamento dos trabalhadores é outro ponto positivo. Segundo uma pesquisa divulgada pela Gallup neste ano, somente 28% dos trabalhadores brasileiros se sentem engajados e 68% estão desmotivados. O benefício de fim de ano pode ajudar com essa questão, pois promove a sensação de reconhecimento, ligada diretamente ao bem-estar e à produtividade.


“Ganhar um presente/benefícios da empresa fortalece os laços de amizade, de confiança e de carinho pelo local. Além disso, gera-se a sensação de que a instituição demonstra o quanto cada membro da equipe foi determinante para que as atividades chegassem aos resultados esperados no decorrer do ano”, finaliza Mariana.


Fonte: Agência NoAr

bottom of page