top of page

Novo golpe mira contribuintes do Simples Nacional ofertando falso desconto para acerto via Pix

Receita Federal reforça que não existem descontos via Pix e nem negociação via WhatsApp.



Um novo golpe está buscando os empresários do Simples Nacional, incluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs), que têm dívidas tributárias pendentes com o Fisco.


A nova fraude surge em meio ao período que a Receita Federal anunciou que está notificando os MEIs e empresários do Simples sobre a regularização de dívidas, já que existem mais de 300 mil contribuintes inadimplentes, que pode causar exclusão do regime e cancelamento do CNPJ, o que trouxe uma preocupação extra às vítimas quando os golpistas entram em contato falando sobre o tema.


O golpe aplicado consiste em entrar em contato via WhatsApp com esses contribuintes para alertar sobre dívidas pendentes e oferecer descontos para quem fizer a regularização via Pix.


A Receita Federal aproveitou a ocasião para alertar mais uma vez que não faz negociação de dívidas por e-mail ou WhatsApp e que não existem descontos ou condições diferenciadas para pagamentos na modalidade Pix.


O Fisco também reforçou que não envia boletos e nem o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) por esses canais. A emissão e pagamento desses débitos é feito apenas pelo Portal do Simples Nacional ou no Portal e-CAC.


Para aqueles que têm dívidas pendentes, a Receita enviou a notificação para regularização junto ao Termo de Exclusão do Simples Nacional e uma relação de pendências financeiras, que podem ser conferidas no Portal do e-CAC.

Comments


bottom of page