Sem papel, sustentável e consultiva 2  (1).gif

Pagamentos digitais aumentam 33 vezes em 2022, segundo estudo

Modalidade ganhou força com a pandemia devido à ausência de contato físico e não deixou de ser utilizada durante a retomada do comércio.

Pixabay

Um estudo da VR Benefícios feito em parceria com o Instituto Locomotiva mostrou que, neste ano, de janeiro a junho, as transações realizadas com pagamento digital.


Um exemplo trazido pelo estudo é dos cartões virtuais e QR Code, que aumentaram 33 vezes.


A modalidade ganhou força com a pandemia devido à ausência de contato físico e não deixou de ser utilizada neste período de retomada.


A aceitação desses tipos de pagamentos vem ganhando cada vez mais espaço entre consumidores e estabelecimentos que buscam segurança, comodidade nas transações financeiras e formas de pagamento que combinem com seu modo de vida.


Durante o mês de junho, o QR Code representou 66% das transações do comércio eletrônico.


A VR realiza anualmente uma pesquisa externa em âmbito nacional em parceria com o Instituto Locomotiva.


Durante a edição de 2021, a pesquisa apontou que o pagamento por aproximação cresceu em relação à pesquisa de 2020, com uma alta de 81%.


Enquanto em 2020 a principal razão para adotar pagamentos sem contato era a preocupação com a saúde, hoje é a demanda dos clientes.


O estudo também indicou as tendências para 2022, sinalizando que 40% dos estabelecimentos comerciais acreditam que adoção de pagamentos sem contato/por aproximação aumentou as vendas, e 98% pretendem manter.


Fonte: Portal Contábeis com informações da CNN

Sem papel, sustentável e consultiva.gif