top of page

Pix parcelado: mesmo sem regulamentação do BC, bancos já oferecem modalidade

Confira quais bancos já oferecem e como deve funcionar a nova funcionalidade do Pix.



O Pix, sistema de transferência instantânea e gratuita para pessoas físicas do Banco Central (BC), está prestes a completar três anos de existência, mas já se tornou a principal forma de pagamento à vista no país e até fez o DOC cair em desuso, sendo desativado pelas instituições financeiras recentemente.


Agora uma nova funcionalidade da ferramenta deve cair no gosto dos brasileiros: o Pix parcelado, que pretende democratizar o acesso ao crédito no país e pode concorrer diretamente com os cartões de crédito.


O BC anunciou que a modalidade está sendo planejada e está prestes a ser lançada, com a possibilidade ainda de ser chamada de Pix Garantido ou Pix Crédito. O nome, assim como a data de lançamento, ainda não tem um dia definido para divulgação e início, mas as instituições financeiras do país já estão se antecipando e oferecendo a modalidade, mesmo sem a regulamentação da autarquia.


Até o momento, é especulado que a ideia do Pix parcelado seja similar a um parcelamento com juros no cartão que pode ser vinculado a um cartão ou não.


Assim como nas compras no crédito, o lojista recebe o valor na íntegra na hora mas o correntista arca com juros e pagamento à prazo, de acordo com as parcelas escolhidas.


O Nubank, Itaú, Banco do Brasil, Santander e Bradesco já oferecem opções de parcelamento via Pix em seus aplicativos, cada um com uma condição diferenciada – seja quantidade de parcelas, seja o juro aplicado – e os clientes podem conferir as ofertas e simular os parcelamentos diretamente no internet banking. Enquanto não houver a regulamentação oficial do BC, eles podem ainda oferecer condições diferentes entre si para ofertar a modalidade.

Comentarios


bottom of page