top of page
Sem papel, sustentável e consultiva 2  (1).gif

Real digital: piloto da moeda virtual brasileira deve começar em 2023 e testes devem durar 18 meses

A moeda virtual brasileira deve começar seus testes no segundo semestre do próximo ano.

Foto: Flickr/Leonardo Sá/Agência Senado

O real digital, que está atualmente em estudo e desenvolvimento pelo Banco Central (BC), será o dinheiro digital brasileiro emitido e garantido pelo BC.

A proposta é que as instituições financeiras apenas guardem o dinheiro para o cliente que optar pela nova modalidade, mas com as garantias da autarquia, reassegurando os usuários a segurança da moeda.

O objetivo do real digital é reduzir cada vez mais o uso do dinheiro em espécie e também transformar as formas de pagamento na economia do país, por meio da modernização e digitalização.

O coordenador do projeto do real digital no Banco Central (BC), Fabio Araújo, afirmou que o cronograma para implementação do real digital prevê a finalização dos estudos em curso para iniciar o projeto piloto no segundo trimestre de 2023.

Se tudo seguir dentro do previsto, a versão final da moeda digital emitida pela autoridade monetária será lançada entre o fim de 2024 e o início de 2025.

"Temos alguns problemas naturais, pode ser que o cronograma seja dilatado", disse no evento "Encontro Lift: Real Digital" em Brasília.

A fase piloto, segundo Araújo, deve durar 18 meses. "Depois desse período a gente espera ter uma visibilidade melhor. Se tudo der certo a gente lança o real digital no fim de 2024, início de 2025. Isso se tudo der certo, é muito desafiador", ressaltou.

“É praticamente certo que teremos algum título público sendo negociado no projeto piloto [pelo sistema Selic]”, disse.


Fonte: Portal Contábeis com informações Valor Online

Sem papel, sustentável e consultiva 2  (1).gif
bottom of page